Maria Teresa de Filippis

terça-feira, 11 de novembro de 2014


Nome
Maria Teresa de Filippis
País
Nascimento
11/11/1926
Primeiro GP
Último GP
Melhor Grid
Melhor Resultado
Equipes

Estatísticas de Maria Teresa de Filippis
GPs
5
Largadas
3
Títulos
0
Vitórias
0
Poles
0
Pódios
0
Pontos
0
Volta + Rápidas
0
Voltas
85
Voltas como líder
0

Ano a ano de Maria Teresa de Filippis
Ano
Equipe Motor
GPs
Pódios
Poles
Voltas
VMR
Líder
Med Pts
Pontos
Porsche
1
0
0
0
0
0
00
0
0
0.00
0
Maserati
4
0
0
0
0
0
85
0
0
0.00
0

Temporadas de Maria Teresa de Filippis
40
62

Resultados de Maria Teresa de Filippis
10º
1 vez
NC
2 vezes
NQ
2 vezes

Corridas de Maria Teresa de Filippis
Ano
GP
No
Equipe Motor
Grid
Pos
Volta mais rápida
Líder
Abandono
Pts
5
GP de Mônaco
4
Porsche
0
NQ
Não qualificado
0
4
GP da Itália
42
Maserati
21
NC
Motor
0
3
GP de Portugal
30
Maserati
15
NC
Motor
0
2
GP da Bélgica
26
Maserati
19
10
0
1
GP de Mônaco
44
Maserati
0
NQ
Não qualificado
0

Companheiros de Maria Teresa de Filippis
Temporada
Equipe Companheiro
Melhor Pos
Pontos
Vitórias
Poles
Corrida
Grid
Maserati André Testut
21
23
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
Maserati Carroll Shelby
8
4
0
0
0
0
0
0
1
2
1
2
Maserati Cliff Allison
15
13
0
0
0
0
0
0
0
1
0
1
Maserati Gerino Gerini
8
17
0
0
0
0
0
0
1
0
0
1
Maserati Giorgio Scarlatti
21
14
0
0
0
0
0
0
0
1
0
1
Maserati Giulio Cabianca
8
9
0
0
0
0
0
0
1
0
0
1
Maserati Hans Herrmann
8
11
0
0
0
0
0
0
1
0
0
1
Maserati Horace Gould
21
26
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
Maserati Jo Bonnier
10
8
0
0
0
0
0
0
0
3
0
3
Maserati Ken Kavanagh
21
18
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
Maserati Louis Chiron
21
27
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
Maserati Luigi Taramazzo
21
28
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
Maserati Masten Gregory
8
4
0
0
0
0
0
0
1
1
0
2
Maserati Maurice Trintignant
10
7
0
0
0
0
0
0
0
1
0
1
Maserati Paco Godia
10
11
0
0
0
0
0
0
1
0
0
1
Maserati Wolfgang Seidel
10
17
0
0
0
0
0
0
1
0
0
1
Porsche Wolfgang von Trips
21
14
0
0
0
0
0
0
0
1
0
1

Maria Teresa de Filippis (Nápoles, 11 de novembro de 1926) foi a primeira mulher a pilotar um carro de Fórmula 1.

Ela começou a correr aos 22 anos de idade por conta de uma aposta com dois de seus irmãos, que não acreditavam que ela pudesse ser veloz. Depois de ser vice-campeã no campeonato italiano ela foi contratada pela Maserati para disputar corridas pela equipe, em 1958 estreou na categoria máxima do automobilismo mundial. Ela tentou se classificar para 5 grandes prêmios, quatro deles pela equipe Maserati e um pela Porsche. Classificou-se para três deles. Sua melhor atuação foi em sua segunda corrida, na Bélgica em 1958, quando largou em 15ª e terminou em 10ª.

No Grande Prémio de França de 1958 a piloto foi proibida de correr por ser mulher. O diretor de provas, Toto Roche, foi à conferência de imprensa, mostrou uma grande fotografia da Maria Teresa e afirmou que “uma jovem tão bonita como aquela não deveria usar nenhum capacete a não ser o secador do cabeleireiro.” Quando soube, Maria ficou furiosa e disse que se o visse pela frente o teria esmurrado.

Maria parou de correr em 1959, casou-se e teve uma filha no ano seguinte. Em 1979, juntou-se ao International Club of Former F1 Grand Prix Drivers (Clube Internacional de Ex-Pilotos de Fórmula 1). Ela é vice-presidente do clube desde 1997 e é presidente do clube de Maserati. Ela tem dois netos e mora perto de Milão.

Posts Relacionados