Geki

quinta-feira, 23 de outubro de 2014


Nome
Giacomo Russo
País
Nascimento
23/10/1937
Morte
18/06/1967
Primeiro GP
Último GP
Melhor Grid
20 – (2 vezes)
Melhor Resultado
Equipes

Estatísticas de Giacomo Russo
GPs
3
Largadas
2
Títulos
0
Vitórias
0
Poles
0
Pódios
0
Pontos
0
Volta + Rápidas
0
Voltas
100
Voltas como líder
0

Ano a ano de Giacomo Russo
Ano Equipe Motor GPs Pódios Poles Voltas VMR Líder Med Pts Pontos
Lotus
1
0
0
0
0
0
63
0
0
0.00
0
Lotus
1
0
0
0
0
0
37
0
0
0.00
0
Brabham
1
0
0
0
0
0
0
0
0
0.00
0

Temporadas de Giacomo Russo
38
37
25

Resultados de Giacomo Russo
1 vez
NC
1 vez
NQ
1 vez

Corridas de Giacomo Russo
Ano
GP
No
Equipe Motor
Grid
Pos
Volta mais rápida
Líder
Abandono
Pts
3
GP da Itália
20
Lotus
20
9
0
2
GP da Itália
28
Lotus
20
NC
Câmbio
0
1
GP da Itália
36
Brabham
0
NQ
Não qualificado
0

Companheiros de Giacomo Russo
Ano
Equipe Companheiro
Melhor Pos
Pontos
Vitórias
Poles
Corrida
Grid
Brabham Bob Anderson
22
11
0
0
0
0
0
0
0
1
0
1
Brabham Dan Gurney
22
10
0
0
0
0
0
0
0
1
0
1
Brabham Ian Raby
22
24
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
Brabham Jack Brabham
22
14
0
0
0
0
0
0
0
1
0
1
Brabham Jo Bonnier
22
12
0
0
0
0
0
0
0
1
0
1
Brabham Jo Siffert
22
7
0
0
0
0
0
0
0
1
0
1
Lotus Innes Ireland
18
9
0
0
0
0
0
0
0
1
0
1
Lotus Jim Clark
18
10
0
0
0
0
0
1
0
1
0
1
Lotus Mike Spence
18
11
0
0
0
0
0
0
0
1
0
1
Lotus Richard Attwood
18
6
0
1
0
0
0
0
0
1
0
1
Lotus Jim Clark
9
11
0
0
0
0
0
0
1
0
0
1
Lotus Mike Spence
9
5
0
2
0
0
0
0
0
1
0
1
Lotus Peter Arundell
9
8
0
0
0
0
0
0
0
1
0
1

Giacomo Russo (Milão, 23 de outubro de 1937 - Caserta, 18 de junho de 1967), mais conhecido por "Geki", foi um piloto italiano de Fórmula 1.

Disputou apenas três corridas pela categoria, todas realizadas na Itália. Na edição de 1964, pilotando um Brabham-BRM, não se classificou, e se classificou para as duas corridas nos anos seguintes.

Nas estatísticas da F-1, o sobrenome "Russo" jamais foi citado. Por este motivo, Geki é o único piloto cujo apelido é considerado legal para tais números.

Geki morreu em Caserta, no dia 18 de junho de 1967, em um múltiplo acidente na Fórmula 3, envolvendo seus compatriotas Ernesto Brambilla (irmão de Vittorio Brambilla), Romano Perdomi ("Tigre") e Corrado Manfredini, o suíço Clay Regazzoni e o alemão Jurg Dubler. O Matra de Geki ficou destruído e pegou fogo logo depois, matando-o em decorrência das queimaduras. Perdomi também acabou morrendo na tragédia.

Posts Relacionados