Alex Caffi

quarta-feira, 18 de março de 2015


Nome
Alex Caffi
País
Nascimento
18/03/1964
Primeiro GP
Último GP
Melhor Grid
Melhor Resultado
Equipes
Site


Estatísticas de Alex Caffi
GPs
75
Largadas
56
Títulos
0
Vitórias
0
Poles
0
Pódios
0
Pontos
6
Volta + Rápidas
0
Voltas
2313
Voltas como líder
0

Ano a ano de Alex Caffi
Ano
Equipe Motor GPs Pódios Poles Voltas VMR Líder Med Pts Pontos
Footwork
Footwork
12
0
0
0
0
0
64
0
0
0.00
0
Arrows
14
0
0
0
0
0
602
0
0
0.14
2
Dallara
16
0
0
0
0
0
637
0
0
0.25
4
Dallara
16
0
0
0
0
0
578
0
0
0.00
0
Osella
16
0
0
0
0
0
387
0
0
0.00
0
Osella
1
0
0
0
0
0
45
0
0
0.00
0

Temporadas de Alex Caffi
30
27
19
19
16
33

Resultados de Alex Caffi
1 vez
1 vez
1 vez
4 vezes
3 vezes
5 vezes
10º
3 vezes
11º
2 vezes
12º
2 vezes
13º
2 vezes
15º
2 vezes
NC
30 vezes
NQ
19 vezes

Corridas de Alex Caffi
Ano
GP
No
Equipe Motor
Grid
Pos
Volta mais rápida
Líder
Abandono
Pts
75
GP da Austrália
10
Footwork Ford Cosworth
23
15
0
74
GP do Japão
10
Footwork Ford Cosworth
26
10
0
73
GP da Espanha
10
Footwork Porsche
0
NQ
Não Qualificado
0
72
GP de Portugal
10
Footwork Porsche
0
NQ
Não Qualificado
0
71
GP da Itália
10
Footwork Porsche
0
NQ
Não Qualificado
0
70
GP da Bélgica
10
Footwork Porsche
0
NQ
Não Qualificado
0
69
GP da Hungria
10
Footwork Porsche
0
NQ
Não Qualificado
0
68
GP da Alemanha
10
Footwork Porsche
0
NQ
Não Qualificado
0
67
GP de Mônaco
10
Footwork Ford Cosworth
0
NQ
Não Qualificado
0
66
GP de San Marino
10
Footwork Ford Cosworth
0
NQ
Não Qualificado
0
65
GP do Brasil
10
Footwork Porsche
0
NQ
Não Qualificado
0
64
GP dos EUA
10
Footwork Porsche
0
NQ
Não Qualificado
0
63
GP da Austrália
10
Arrows Ford Cosworth
0
NQ
Não Qualificado
0
62
GP do Japão
10
Arrows Ford Cosworth
23
9
0
61
GP de Portugal
10
Arrows Ford Cosworth
17
13
Acidente
0
60
GP da Itália
10
Arrows Ford Cosworth
21
9
0
59
GP da Bélgica
10
Arrows Ford Cosworth
19
10
0
58
GP da Hungria
10
Arrows Ford Cosworth
26
9
0
57
GP da Alemanha
10
Arrows Ford Cosworth
18
9
0
56
GP da Inglaterra
10
Arrows Ford Cosworth
17
7
0
55
GP da França
10
Arrows Ford Cosworth
22
NC
Suspensão
0
54
GP do México
10
Arrows Ford Cosworth
0
NQ
Não Qualificado
0
53
GP do Canadá
10
Arrows Ford Cosworth
26
8
0
52
GP de Mônaco
10
Arrows Ford Cosworth
22
5
2
51
GP de San Marino
10
Arrows Ford Cosworth
0
NQ
Não Qualificado
0
50
GP do Brasil
10
Arrows Ford Cosworth
25
NC
Embreagem
0
49
GP da Austrália
21
Dallara Ford Cosworth
10
NC
Rodada
0
48
GP do Japão
21
Dallara Ford Cosworth
15
9
0
47
GP da Espanha
21
Dallara Ford Cosworth
23
NC
Motor
0
46
GP de Portugal
21
Dallara Ford Cosworth
7
NC
Batida
0
45
GP da Itália
21
Dallara Ford Cosworth
20
11
Motor
0
44
GP da Bélgica
21
Dallara Ford Cosworth
12
NC
Rodada
0
43
GP da Hungria
21
Dallara Ford Cosworth
3
7
0
42
GP da Alemanha
21
Dallara Ford Cosworth
20
NC
Motor
0
41
GP da Inglaterra
21
Dallara Ford Cosworth
0
NQ
Não Qualificado
0
40
GP da França
21
Dallara Ford Cosworth
26
NC
Embreagem
0
39
GP do Canadá
21
Dallara Ford Cosworth
8
6
1
38
GP dos EUA
21
Dallara Ford Cosworth
6
NC
Batida
0
37
GP do México
21
Dallara Ford Cosworth
19
13
0
36
GP de Mônaco
21
Dallara Ford Cosworth
9
4
3
35
GP de San Marino
21
Dallara Ford Cosworth
9
7
0
34
GP do Brasil
21
Dallara Ford Cosworth
0
NQ
Não Qualificado
0
33
GP da Austrália
36
Dallara Ford Cosworth
11
NC
Embreagem
0
32
GP do Japão
36
Dallara Ford Cosworth
21
NC
Rodada
0
31
GP da Espanha
36
Dallara Ford Cosworth
18
10
0
30
GP de Portugal
36
Dallara Ford Cosworth
17
7
0
29
GP da Itália
36
Dallara Ford Cosworth
21
NC
Motor
0
28
GP da Bélgica
36
Dallara Ford Cosworth
15
8
0
27
GP da Hungria
36
Dallara Ford Cosworth
10
NC
Motor
0
26
GP da Alemanha
36
Dallara Ford Cosworth
19
15
0
25
GP da Inglaterra
36
Dallara Ford Cosworth
21
11
0
24
GP da França
36
Dallara Ford Cosworth
14
12
0
23
GP dos EUA
36
Dallara Ford Cosworth
21
8
0
22
GP do Canadá
36
Dallara Ford Cosworth
0
NQ
Não Qualificado
0
21
GP do México
36
Dallara Ford Cosworth
23
NC
Freios
0
20
GP de Mônaco
36
Dallara Ford Cosworth
17
NC
Rodada
0
19
GP de San Marino
36
Dallara Ford Cosworth
24
NC
Câmbio
0
18
GP do Brasil
36
Dallara Ford Cosworth
0
NQ
Não Qualificado
0
17
GP da Austrália
21
Osella Alfa Romeo
0
NQ
Não Qualificado
0
16
GP do Japão
21
Osella Alfa Romeo
23
NC
Pane Seca
0
15
GP do México
21
Osella Alfa Romeo
26
NC
Motor
0
14
GP da Espanha
21
Osella Alfa Romeo
0
NQ
Não Qualificado
0
13
GP de Portugal
21
Osella Alfa Romeo
25
NC
Turbo
0
12
GP da Itália
21
Osella Alfa Romeo
21
NC
Suspensão
0
11
GP da Áustria
21
Osella Alfa Romeo
21
NC
Alimentação
0
10
GP da Hungria
21
Osella Alfa Romeo
26
NC
Motor
0
9
GP da Alemanha
21
Osella Alfa Romeo
20
NC
Motor
0
8
GP da Inglaterra
21
Osella Alfa Romeo
20
NC
Motor
0
7
GP da França
21
Osella Alfa Romeo
19
NC
Transmissão
0
6
GP dos EUA
21
Osella Alfa Romeo
21
NC
Falha Elétrica
0
5
GP de Mônaco
21
Osella Alfa Romeo
16
NC
Falha Elétrica
0
4
GP da Bélgica
21
Osella Alfa Romeo
26
NC
Combustível
0
3
GP de San Marino
21
Osella Alfa Romeo
20
12
Pane Seca
0
2
GP do Brasil
21
Osella Alfa Romeo
21
NC
Desistiu
0
1
GP da Itália
22
Osella Alfa Romeo
27
NC
Abandono
0

Companheiros de Alex Caffi
Temporada
Equipe Companheiro
Melhor Pos
Pontos
Vitórias
Poles
Corrida
Grid
Osella Piercarlo Ghinzani
11
23
0
0
0
0
0
0
1
0
0
1
Osella Franco Forini
21
18
0
0
0
0
0
0
0
2
2
0
Osella Gabriele Tarquini
12
20
0
0
0
0
0
0
1
0
1
0
Dallara Andrea de Cesaris
4
3
4
4
0
0
0
0
9
7
10
6
Arrows Michele Alboreto
5
9
2
0
0
0
0
0
9
3
7
5
Footwork Michele Alboreto
10
13
0
0
0
0
0
0
1
5
1
5

Alessandro Caffi (nascido em Rovato, a 18 de Março de 1964) é um piloto italiano de automobilismo. Ele participou de 75 Grandes Prêmios, sendo seu primeiro em 7 de setembro de 1986. Em 2006, correu na Grand Prix Masters, categoria que reunia pilotos de Fórmula 1 aposentados.


Caffi passou três anos na Fórmula 3 italiana, de 1984 a 1986, terminando em terceiro no ano de 1986. Em 1986, começou a dirigir pela Osella, terminando em décimo primeiro lugar.

O pequeno time italiano estava impressionado com seu modo de dirigir, e assinou contrato com ele para a temporada de 1987. O Alfa Romeo não era competitivo, nem mesmo confiável. Caffi nunca terminou uma corrida, porém clasificou-se em décimo segundo para o Grande Prêmio de San Marino. Porém, o italiano atraiu a atenção das pessoas, por sua atitude e perícia em um carro tão ruim (notavelmente qualificando-se em décimo sexto lugar para o Grande Prêmio de Mônaco.

Ele se mudou para a Scuderia Italia, correndo com um chassis Dallara, em 1988, e consegue o sétimo lugar no Grande Prêmio de Portugal. Em 1989, a equipe comprou seu segundo carro, com o experiente Andrea De Cesaris como piloto, e trocando para pneus Pirelli. Caffi impressionado, termina o Grande Prêmio de Mônaco em quarto lugar, e estava em segundo no Grande Prêmio dos Estados Unidos, até De Cesaris retirá-lo da corrida. A segunda metade da temporada não foi tão boa, porque a Pirelli tentava encontrar pneus de corrida consistentes, mas Caffi se destacou por começar em terceiro lugar no Grande Prêmio da Hungria (terminando em sétimo lugar por causa dos pneus).

Caffi foi notado como um talento promissor, e sondado pela Arrows para 1990. O time planejava ser campeão no ano seguinte com o novo Porsche V12 e com o veterano Michele Alboreto como líder do time, enquando 1990 era para ser um ano de testes. Caffi se machucou num acidente ciclístico na pré-temporada, não participando da primeira corrida da temporada, em Phoenix, nos Estados Unidos, vaga ocupada pelo alemão Bernd Schneider. Na segunda prova, o GP do Brasil, Caffi finalmente estrearia na sua nova equipe; em Ímola, o GP de San Marino, o piloto italiano não se classificaria para o grid de largada. Nas ruas de Monte Carlo, ele terminou em 5º lugar e os primeiros e únicos 2 pontos para a equipe. Em Estoril, Portugal, o piloto sofreria um acidente sério batendo forte na área de proteção da curva 2 da pista. O piloto italiano disputava a 9ª posição com o japonês Aguri Suzuki nas últimas 10 voltas da prova; novamente ele seria substituído por Schneider na prova seguinte, o GP da Espanha, em Jerez; em Suzuka, no Japão, ele retornaria e terminou a prova em 9º lugar; na última etapa, em Adelaide, na Austrália, o piloto ficava novamente fora do grid.

O ano de 1991 chegou e foi um desastre. O motor Porsche V12 estava muito pesado e seriamente sem potência, e Caffi não se classificou para as quatro primeiras corridas. Nos treinos para o Grande Prêmio de Mônaco, ele teve um acidente sério com o seu Footwork batendo forte de frente no ínício do "S" da piscina. Com a batida, ele quebrou a mandíbula. Impedido de pilotar nas provas seguintes, a Footwork chamou o sueco Stefan Johansson. Caffi retornou para o Grande Prêmio da Alemanha em Hockenheim, mas o piloto nem passou da pré-classificação; a pré-classificação que o italiano também amargaria nas cinco provas seguidas. Ele finalmente classificou-se para o Grande Prêmio do Japão, terminando em décimo lugar, mas Aguri Suzuki havia sido anunciado para o ano de 1992. Caffi ficou sem carro para aquela temporada.

*Ele não teve outra opção, senão assinar contrato com o time da Andrea Moda Formula. No entanto, problemas de registro com a FIA resultaram em não mais que algumas voltas de treino no Grande Prêmio da África do Sul, e o time chegou atrasado para o Grande Prêmio do México e foram impedidos de correr. Após isto, Caffi foi substituído por Roberto Pupo Moreno, e seu tempo na F-1 havia acabado.

Após uma breve carreira nas competições de carros de turismo italiana e espanhola, Caffi começou a correr com carros esportivos, correndo em GTs, ISRS e ALMS.

Atualmente Alex Caffi negocia sua participação na Fórmula Truck brasileira e disputará* (Disputou) o GP de Caruaru no agreste pernambucano pela equipe Dakarmotors, com o caminhão de número #21.

Posts Relacionados