Peter Revson

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015


Nome
Peter Revson
País
Nascimento
27/02/1939
Morte
22/03/1974
Primeiro GP
Último GP
Primeira Pole
Última Pole
Primeira Vitória
Última Vitória
Primeiro Pódio
Último Pódio
Equipes

Estatísticas de Peter Revson
GPs
31
Largadas
30
Títulos
0
Vitórias
2
Poles
1
Pódios
8
Pontos
61
Volta + Rápidas
0
Voltas
1567
Voltas como líder
63

Ano a ano de Peter Revson
Ano Equipe
Motor
GPs Pódios Poles Voltas VMR Líder Pontos
Shadow
2
0
0
0
0
0
11
0
0
0
McLaren
14
2
1
1
4
0
783
0
63
38
McLaren
9
0
1
3
4
1
619
0
0
23
Tyrrell
1
0
0
0
0
0
1
0
0
0
Lotus
Lotus
5
0
0
0
0
0
153
0
0
0

Temporadas de Peter Revson
27
50
5
5
50

Resultados de Peter Revson
2 vezes
2 vezes
4 vezes
3 vezes
3 vezes
2 vezes
1 vez
1 vez
13º
1 vez
14º
1 vez
18º
1 vez
DES
1 vez
NC
8 vezes
NQ
1 vez

Corridas de Peter Revson
Ano
GP
No
Equipe Motor
Grid
Pos
Volta mais rápida
Líder
Abandono
Pts
31
GP do Brasil
16
Shadow Ford Cosworth
6
NC
Temperatura
0
30
GP da Argentina
16
Shadow Ford Cosworth
4
NC
Acidente
0
29
GP dos EUA
8
McLaren Ford Cosworth
7
5
2
28
GP do Canadá
8
McLaren Ford Cosworth
2
1
34
9
27
GP da Itália
8
McLaren Ford Cosworth
2
3
4
26
GP da Áustria
8
McLaren Ford Cosworth
4
NC
Embreagem
0
25
GP da Alemanha
8
McLaren Ford Cosworth
7
9
0
24
GP da Holanda
8
McLaren Ford Cosworth
6
4
3
23
GP da Inglaterra
8
McLaren Ford Cosworth
3
1
29
9
22
GP da Suécia
8
McLaren Ford Cosworth
7
7
0
21
GP de Mônaco
8
McLaren Ford Cosworth
15
5
2
20
GP da Bélgica
8
McLaren Ford Cosworth
10
NC
Acidente
0
19
GP da Espanha
6
McLaren Ford Cosworth
5
4
3
18
GP da África do Sul
6
McLaren Ford Cosworth
6
2
6
17
GP do Brasil
8
McLaren Ford Cosworth
12
NC
Câmbio
0
16
GP da Argentina
16
McLaren Ford Cosworth
11
8
0
15
GP dos EUA
20
McLaren Ford Cosworth
2
18
Falha Elétrica
0
14
GP do Canadá
19
McLaren Ford Cosworth
1
2
6
13
GP da Itália
15
McLaren Ford Cosworth
8
4
3
12
GP da Áustria
14
McLaren Ford Cosworth
4
3
4
11
GP da Inglaterra
19
McLaren Ford Cosworth
3
3
4
10
GP da Bélgica
10
McLaren Ford Cosworth
7
7
0
9
GP da Espanha
20
McLaren Ford Cosworth
11
5
2
8
GP da África do Sul
14
McLaren Ford Cosworth
12
3
4
7
GP da Argentina
18
McLaren Ford Cosworth
3
NC
Motor
0
6
GP dos EUA
10
Tyrrell Ford Cosworth
19
NC
Embreagem
0
5
GP da Itália
38
Lotus BRM
18
13
0
4
GP da Alemanha
27
Lotus BRM
18
14
Acidente
0
3
GP da Inglaterra
24
Lotus BRM
22
NC
Diferencial
0
2
GP da Bélgica
29
Lotus Climax
10
DES
Desclassificado
0
1
GP de Mônaco
2
Lotus BRM
0
NQ
Não qualificado
0

Vitórias de Peter Revson
Ano
GP
No
Equipe Motor
Grid
Pos
Volta mais rápida
Líder
Abandono
Pts
2
GP do Canadá
8
McLaren Ford Cosworth
2
1
34
9
1
GP da Inglaterra
8
McLaren Ford Cosworth
3
1
29
9
 
Pódios de Peter Revson
 
Poles de Peter Revson
Ano
GP
No
Equipe Motor
Grid
Pos
Volta mais rápida
Líder
Abandono
Pts
1
GP do Canadá
19
McLaren Ford Cosworth
1
2
6
 
Voltas como líder de Peter Revson
Ano
GP
No
Equipe Motor
Grid
Pos
Volta mais rápida
Líder
Abandono
Pts
2
GP do Canadá
8
McLaren Ford Cosworth
2
1
34
9
1
GP da Inglaterra
8
McLaren Ford Cosworth
3
1
29
9

Companheiros de Peter Revson
Temporada
Equipe Companheiro
Melhor Pos
Pontos
Vitórias
Poles
Corrida
Grid
Lotus Bernard Collomb
18
19
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
Lotus Chris Amon
11
11
0
0
0
0
0
0
2
1
1
2
Lotus Gerhard Mitter
14
9
0
0
0
0
0
0
0
1
1
0
Lotus Jim Clark
11
1
0
21
0
2
0
2
2
3
0
5
Lotus Jo Siffert
18
8
0
0
0
0
0
0
0
1
0
1
Lotus Mike Hailwood
13
6
0
1
0
0
0
0
3
1
0
4
Lotus Mike Spence
13
6
0
1
0
0
0
0
0
3
0
3
Lotus Peter Arundell
11
3
0
4
0
0
0
0
0
2
0
2
Lotus Trevor Taylor
16
19
0
0
0
0
0
0
1
0
0
1
Tyrrell François Cevert
29
1
0
9
0
1
0
0
0
1
0
1
Tyrrell Jackie Stewart
29
5
0
2
0
0
0
1
0
1
0
1
McLaren Denny Hulme
2
1
23
39
0
1
1
0
3
6
5
4
McLaren Jody Scheckter
18
9
0
0
0
0
0
0
0
1
1
0
McLaren Denny Hulme
1
1
38
26
2
1
0
1
8
6
4
10
McLaren Jacky Ickx
9
3
0
4
0
0
0
0
0
1
0
1
McLaren Jody Scheckter
1
9
26
0
2
0
0
0
4
0
3
1
Shadow Jean-Pierre Jarier
22
20
0
0
0
0
0
0
1
1
2
0

Peter Jeffrey Revlon Revson (Nova Iorque, 27 de fevereiro de 1939 – Kyalami, África do Sul, 22 de março de 1974) foi um piloto de automobilismo norte-americano.

Nasceu numa abastada família judia, fundadora dos Cosméticos Revlon. A fortuna da família estava, na altura da sua morte, avaliada em 1 bilhão de dólares.

Atuou na Can–Am, 500 Milhas de Indianápolis e principalmente na Fórmula 1.

A sua paixão pelas corridas começou enquanto estudava na Universidade de Cornell. Estávamos no final dos anos 50, e um dos seus colegas era Teddy Mayer, o homem que mais tarde iria tomar conta da McLaren. Em 1963 decide correr na Europa, onde obtêm bons resultados na Fórmula 3 e Fórmula 2. Mas quando tenta a sua sorte na Fórmula 1 em 1964, os seus esforços são em vão: a bordo de um Lotus 24 e Lotus 25, não consegue pontuar. No ano seguinte, volta aos Estados Unidos para correr em Esporte-Protótipos, especialmente numa nova categoria: a Can–Am, uma série de corridas disputadas em pistas da América do Norte.

Mas vai ser em 1971 que a sua carreira ganha novo impulso. Seu amigo Teddy Mayer chega à McLaren, para ajudar Denny Hulme a dirigir a equipe, após a morte do fundador, Bruce McLaren. Nessa altura, corre nas 500 Milhas de Indianápolis, onde faz a “pole-position” e conclui a prova em 2º lugar. No final do ano, participa do Grande Prêmio dos Estados Unidos de 1971, pela Tyrrell.

Em 1972, corre a tempo inteiro na Fórmula 1, sendo o companheiro do neozelandês Denny Hulme na McLaren. Nessa temporada, Revson é terceiro na Grande Prêmio da África do Sul, Grande Prêmio da Grã-Bretanha e Grande Prêmio da Áustria, e acaba em segundo no Grande Prêmio do Canadá, depois de ter feito a única pole-position da sua carreira. Termina o campeonato em 5º lugar na classificação geral com 23 pontos.

No ano seguinte, as coisas correm-lhe melhor. Os McLarens M19 e M23 são máquinas fiáveis e ganhadoras, e depois de um segundo lugar na Africa do Sul, Revson ganha o seu primeiro GP em Silverstone, na Grã-Bretanha, aos 34 anos. Repete a façanha em Mosport, no Canadá, numa corrida em que se vê pela primeira vez um "carro e segurança". No final da época, repete o quinto lugar final, mas as duas vitórias e os cinco pódios fazem com que cabe a temporada com 38 pontos.

Participa também das 500 Milhas de Indianápolis, que não completou.

Em 1974, muda de vida e vai para a Shadow. Apesar de boas performances, não consegue pontuar na Argentina e no Brasil.

Em 22 de março de 1974, uma semana antes do GP da África do Sul, em Kyalami, Revson testava o seu Shadow quando um braço da suspensão quebrou, matando-o. Foi um golpe profundo na equipa e na família, pois o seu irmão Douglas Revson tinha morrido num acidente semelhante cinco anos antes. Na altura, Peter era o único herdeiro do império Revlon.


Posts Relacionados